domingo, 16 de agosto de 2009

13 semanas e nova US!!

Hoje completamos 13 semanas!
Vai um resuminho do que se passará até o próximo domingo!
O feto agora tem quase 8 centímetros de comprimento, se medido da cabeça até o bumbum, e pesa pouco menos de 25 gramas -- mais ou menos metade de uma banana.
Ele já tem impressões digitais só suas, e começa a fazer o movimento de procurar o mamilo para mamar.
Se você estiver grávida de uma menina, ela já possui cerca de 2 milhões de óvulos dentro dos ovários; quando nascer, esse número terá diminuído para cerca de 1 milhão. Conforme ela for ficando mais velha, o número de óvulos vai cair ainda mais, e, aos 17 anos, ela terá 200 mil óvulos.
Quanto a você, as coisas devem estar começando a parecer mais fáceis. Para muitas mulheres, os efeitos colaterais do princípio da gravidez -- frequência urinária, cansaço, enjôos -- diminuem no segundo trimestre.
Embora sua barriga provavelmente já esteja aparecendo o suficiente para mostrar ao mundo que você está grávida, ela ainda não atrapalha muito. Faltam meses para o parto, mas seus seios podem já ter começado a produzir o colostro, um líquido amarelado e meio transparente que vai alimentar o bebê nos primeiros dias, antes da "descida" do leite.
Fonte: http://brasil.babycenter.com/pregnancy/desenvolvimento-fetal/13-semanas
Nesta semana estamos nos despedindo do tão temido primeiro trimestre, onde as chances de aborto são maiores. Vamos para o segundo trimestre!!!

Ontem fizemos a ultrassonografia para vermos a Translucência Nucal, a presença do Osso Nasal e o comportamento do Ducto Venoso. Mas para que serve este exame?
Bom, segundo esse site Clinica Som Diagnósticos, a translucência nucal ( TN ) é uma prega na nuca do feto, decorrente de um acúmulo de líquido sub-cutâneo na região cervical, que deve ser medida entre 11 e 13 semanas + 6 dias para o rastreamento de síndromes fetais ( cromossomopatias ), dentre elas a trissomia do par 21 ( síndrome de Down ), a trissomia do 13 ( síndrome de Patau ) e do 18 ( síndrome de Edwards ), síndrome de Turner, além de inúmeras outras.
A translucência nucal ( TN ) é um acúmulo de líquido na região cervical posterior (nuca do feto ) que é fisiológica na fase entre 11 e 13 semanas + 6 dias e para ser considerada normal deve medir no máximo 2,5 mm de espessura. Este acúmulo de líquido é decorrente de uma insuficiência cardíaca fisiológica que os pequenos fetos apresentam nesta fase, pois eles crescem muito rápido e o número de sarcômeros das fibras do miocárdio ( músculo do coração) são insuficientes transitoriamente para suprir esta necessidade. Após este período esta insuficiência cardíaca fisiológica desaparece pois o coração fetal torna-se suficiente este flúído desaparece na nucal fetal. Em alguns casos quando esta prega tem uma espessura superior a 2,5 mm, pode significar uma insuficiência cardíaca mais acentuada. Como na grande maioria das síndromes fetais os fetos apresentam insuficiência ou anormalidades cardíacas, os pequenos fetos que tem a translucência anormalmente aumentada apresentam uma probabilidade maior de terem uma síndrome, como a síndrome de Down ou cromossopatia, ou simplesmente uma insuficiência cardíaca.

Resumindo: deu tudo certo. O bebê está com 7,01 cm, 152 bpm, TN de 1,9 mm, osso nasal visualizado e Ducto normal. Graças a Deus. A médica bem que tentou, mas o(a) pequeno(a) não colaborou e não deixou ver as "partes baixas"! rs



Bom, até logo!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário