quarta-feira, 17 de abril de 2013

Entendendo os procedimentos com o recém nascido

Quando o bebê nasce, seja por parto normal quanto por cesárea, ele é submetido a procedimentos, muitas vezes desnecessários, apenas por mero protocolo hospitalar. Para entender quais são realmente necessários e quais são descartáveis, fiz uma pequena pesquisa, que resumo hoje aqui.

Colírio de Nitrato de Prata

Esse colírio é indicado para bebês que nasçam de parto normal e que a mãe seja portadora de gonorreia. Agora convenhamos, para uma grande parte das mulheres, com um bom pré-natal, é feito testes de sangue para saber quais as doenças a mãe tem, ou se ela apresenta imunidade. Agora me explica para quer pingar colírio caustico num bebê que nasceu de cesárea ou mesmo de parto normal de uma mãe sabidamente não ser portadora de gonorreia?! Fora que ainda há o risco (20%) do bebê desenvolver conjutivite química por causa desse trem! E mesmo assim, se tiver que pingar, existem outras medicações para isso (mas são mais caras e não utilizadas no Brasil) e até mesmo pelo menos esperar que o bebê "veja" a mãe pela primeira vez, sem ter seus olhos ardendo!!

 Vitamina K

Essa vitamina previne a "síndrome hemorrágica do recem-nascido". Ela pode ser dada em forma de injeção (dose única) ou oral (na sala de parto e outras doses alguns dias depois). Há quem não dê... A forma de absorção da vitamina varia conforme a forma de administração no RN. Há quem dica que as chances da síndrome ocorrer com o bebê seja de 1:400.000 para as doses de vacina. 1:40.000 para a dose oral e 1:17.000 por não dar nada. Eu particularmente vou prefirir que se dê a injeção. Mas que essa intervenção seja feita no meu colo, e não com um bebê esperneando assustado num berço aquecido.

Aspiração do RN

O bebê mal nasce e lhe enviam canudos de sucção em sua boca, narinas e ânus. Bebês que nascem de parto normal, desde que estejam bem, não têm a necessidade de serem aspirados uma vez que o próprio canal de parto o estimula a expelir quaisquer líquidos que ele ainda tenha. Para bebês que nascem de cesárea, até existe indicação, uma vez que não foram estimulados durante o nascimento.

Dar leite artificial/glicose para o RN

Vem cá, com todo o Ministério da Saúde gastando rios de dinheiro pregando o aleitamento materno,  por que cargas d'água não permitem que o aleitamento seja iniciado logo na sala de parto?! Ah... vai ocupar o centro cirúrgico por mais tempo e a fila anda, minha filha... Por que ignorar o pedido da mãe para trazer o RN logo para alojamento conjunto para que ela possa amamentar? Muitos hospitais negam e só trazem o bebê depois dele ter ingerido uma bela dose de fórmulas mirabolantes que se parecem com o seu leite, mãezinha, ou mesmo glicose para faze-lo parar de chorar?!

Separação do RN - levando o bebê para o berçário para a "mãezinha" descansar

Por que ainda permitimos que esse protocolo seja seguido? Ok, tem mãe que quer sossego e descansar enquanto ainda pode, mas se EU quero, por que não permitir?! Para que deixar o bebê num berçário cheio de luzes no rostinho dele?! Ele vai descansar? Não. Ele será acalentado? Não. Ele mamará? Não. Se é seu desejo e a maternidade permitir, bata o pé e não permita que vocês sejam separados. Eu confesso que no nascimento da Jade cai e nossa primeira noite foi separada... Mas nesta as coisas serão diferentes e ai de quem se meter no caminho!! rs

Corte precoce do cordão umbilical

Você sabia que nossos médicos praticam adoidado o corte precoce do cordão? E que muitas vezes 30% do sangue do bebê ainda está na placenta e ele corre o risco de sofrer anemia por causa desse corte?! O recomendado é que espere o mesmo parar de pulsar para clampear e realizar o corte. Quando ele para de pulsar, é porque o bebê conseguiu se estabilizar e vai conseguir respirar sozinho, sem a ajuda da oxigenação da placenta. Por que não fazem isso?! Novamente, "mãezinha" a fila anda e você não pode ocupar por muito tempo o centro cirúrgico. O tempo que leva?  Depende de uma série de fatores. Pode levar até quase uma hora...

Dar o primeiro banho

Você pode ver com o hospital se você consegue que alguém da família dê o banho no bebê. Pois no berçário a enfermeira usará luvas e fará de tudo para tirar todo o vernix do corpinho do bebê, esfregando-o sem dó. Eu vou brigar aqui, e você?!

2 comentários:

  1. Nossa KK não sabia de várias coisas, coitadinho do Lucas...

    ResponderExcluir
  2. Pois é Lininha, é tanto procedimento dispensável que é feito apenas por protocolo, que chega a ser absurdo!! Chega a dar dó das crianças... =(

    ResponderExcluir