quarta-feira, 3 de abril de 2013

Sinais de uma GO cesarista

Sua GO é cesarista?
A minha antiga era...
Os sinais estavam claros como água... e a gente, ainda dentro da matrix, não os enxergava...
Mas agora eu os vejo... e quero deixar registrado aqui para você também ver se é o seu caso... Quem sabe você não desperta antes de mim?!
Vamos aos pontos que passamos a enxergar:

- Em oito anos de consultas ginecológicas/obstétricas, ela nunca desmarcou sua consulta por atendimento a parto normal. (um tanto estranho para quem diz que faria o seu PN, por que, cara pálida, com você seria diferente?!)
- Você mostra/conversa com ela sobre Temperatura Basal e/ou outros sinais do seu corpo e ela ignora completamente, dizendo que isso é balela. (claro, ela é a médica, ela entende do SEU corpo melhor que você).
- Ela tem uma foto na sala de consulta, segurando um bebê "frango assado" (de ponta cabeça depois de ter sido "tirado" da barriga da mãe. (porque tem que segurar o bebê assim? Não dá para segurar de maneira mais "humana"?)
- Os álbuns dos bebês nascidos com ela, só trazem rostos das mães deitadas, com um campo cirúrgico aparente. (por que, "querida", com você seria diferente?! Veja só, ela colocou o dedinho da mão no bebê...)
- No cartão de gestante dela, tem uma propaganda gigante de uma pomada cicatrizante famosa. (hummmm, "kelocote é boa para não deixar sua cesárea feia", mas cara representante da kelocote saiba que ela indica contractubex para as suas pacientes).
- Ela tem um dia da semana que você nunca a acha em consultório nenhum. ("o dia das cesáreas" - no caso da minha era as quintas - vide nascimento da Jade - 04/2/10 - quinta).
- Ela manda você todas as ultrassonografias e exames possíveis para ver se está tudo bem com o bebê. (procurando pêlo em ovo?!)
- Ela usa desculpas como voltas no cordão umbilical, grau de placenta, tamanho do bebê, etc para tentar agendar a sua cesárea. (todas desculpas possíveis e imagináveis para atingir o ponto fraco de toda mãe: o bebê pode entrar em sofrimento por causa disso).
- Ela te olha na primeira consulta e tenta te enquadrar nas frases: sua bacia é estreita, ou baixa, você é muito sensível, etc. (entenda que a mensagem deixada é: você é fraca e não vai suportar um parto normal, seu corpo emburreceu para parir, só sabe fazer o neném...)
- Ela faz exames de toque a partir das consultas quinzenais. (mesmo ela sabendo que o colo só dilata para valer quando a mãe entra em trabalho de parto).
- Ela tem uma ajudante no consultório para averir sua pressão, seu peso, te colocar em posição de exame, etc. (ela dá instruções para a ajudante como uma cirurgiã guia a instrumentadora e depois de se sentar só fica esperando as medidas chegarem gritadas em seus ouvidos).
- Ela não tira o jaleco por nada. (pra que? ela é a dra! jaleco é para te mostrar quem manda no consultório. ela nunca vai se igualar a você, mera paciente).
- Ela fala para você que o parto a gente decide "mais para frente", que você deve se preocupar com enxoval, pois o parto ela cuida. (cesarista nata!)
- Ela não aceita que você traga um plano de parto para as consultas. (claro que não, ela é a dona do parto, você entra só com a barriga).
- Ela fala que parto normal estraga sua vagina, que você vai ficar larga, e etc. (uma amiga escutou do cesarista nato dela que ela viraria uma couve-flor 0.o).
- Ela nunca te fala dos riscos de uma cesárea, que é uma cirurgia de médio/grande porte e que uma eletiva agendada quando ela bem entende (antes do trabalho de parto) pode levar o bebê a passar algumas horas/dias na UTI por desconforto respiratório, e que você poderá ter uma recuparação horrorosa.
- Parto normal para ela só deitada, com anestesia e episiotomia. (ela nem sabe o que medicina baseada em evidências quer dizer. pra que? estudar mais pra que? já tem anos e anos de prática...)
- Você pergunta da tal taxa de disponibilidade que os médicos vêm cobrando para acompanhar o TP de uma parturiente e ela se esquiva, falando que ainda não sabe, que não viu, e te enrola por 3 consultas mensais seguidas. (vem cá, se você não viu isso em TRÊS MESES, é porque não fez um PN sequer nesse tempo, né?).

Bom, esses foram alguns pontos que somente consegui enxergar agora, após escolher a pílula certa e ver como o sistema está corrompido. Se o corpo feminino sabe fazer neném, gerá-lo, vai saber 'expulsá-lo' com vida. Afinal, temos milhares de anos de evolução, não é mesmo? Como foi mesmo que chegamos a bilhões de habitantes na Terra?!


Você acha que as desculpas em relação a você e ao bebê para fazer-lhe uma cesariana são verdadeiras? Tá com dúvida? A Dra. Melania Amorim em seu blog Estuda, Melania, Estuda, escreveu um post com as indicações reais e fictícias de um parto cesárea. Recomendo leitura, mas apenas se você estiver preparada para saber se foi enganada, ou não (vai que ela realmente era legal!) por sua GO fofa.

Recomendo: Moça, teu GO é cesarista,

Nenhum comentário:

Postar um comentário