terça-feira, 28 de maio de 2013

E a leitura, está em dia?!

Nessa gravidez, para me empoderar em busca do VBAC, li alguns livros por recomendação da doula e acho que são bem interessantes para ajudar a mães que também tiveram dúvidas quanto ao seu parto e não querer deixar seus corpos nas mãos de médicos, afinal brigamos durante anos para ter comando e não será na hora mais linda que vamos nos deixar levar né? Nada de Encantadora de Bebês ou Nana Nenê!! =)



O primeiro, top da lista que recomendo é o "Parto normal ou cesárea? O que toda mulher deve saber (e todo homem também)" da Simone Grilo Diniz e da Ana Cristina Duarte (amo!!) da Editora UNESP de 2004. Nele você terá informações "técnicas" explicadas de maneira fácil para você entender quais as intervenções que você pode/vai sofrer (bate na madeira rs). Eu realmente acho que TODA GESTANTE DEVERIA LER. Para pelo menos fazer sua escolha sabendo seus prós e contras. Afinal, cesárea é uma cirurgia, e afirmar que não sentiu dor é esquecer a quantidade de medicação que você tomou e que seu bebê também levou... O livro é pequeno, 182 páginas.




 Depois de fazer sua escolha e enveredar pelos caminhos do protagonismos no parto, recomendo a leitura do livro "Parto Ativo - Guia Prático para o Parto Natural" da Janet  Balaskas, da Editora Ground. São 320 páginas onde você vai saber como tornar-se ativa durante seu trabalho de parto, tendo "controle" (deixe seu raciocínio ir embora e libere seu lado instintivo!!) da situação, onde você é a protagonista do seu parto. Você saberá por intuição qual a melhor posição para seu corpo naquele momento e principalmente manter-se verticalizada para ajudar seu bebê a nascer!!



Outro livro muito bom, que contém relatos de quem optou pelo parto humanizado é o "Parto com Amor" de Luciana Benatti e Marcelo Min da Panda Books. Neste livro você lerá nove relatos de partos nos mais diversos lugares: domiciliar, em casa de parto, hospitalar,... São relatos onde as mães revelam seus medos, alegrias e emoções. Os primeiros momentos que tiveram com seus bebês e tudo mais. Tudo recheado de fotos que transbordam emoção!









Outro livro que ainda estou lendo é "A Maternidade - O encontro com a própria sombra" da Laura Guttman da Editora Best Seller. Nele, nós mães não estamos lendo um "guia de como criar seu bebê" e sim lendo e aprendendo a entender melhor seu bebê através dos nossos próprios medos e emoções, que muitas vezes escondemos em nossa sombra, mas que o bebê consegue enxergar e refletir para o mundo. Este é para pensarmos nossa "maternidade".



Outros livros que eu gostaria de ter lido e posso indicar para você, se estiver interessada no assunto são:
- "Se me contassem o parto" do Frédérick Leboyer da Editora Ground. Segundo a editora: "é uma descrição original, simples, rigorosa, precisa e, ao mesmo tempo, poética, para não dizer espiritual, mística, desse processo tão rico e complexo que é o parto. Este livro em nada se parece com um trabalho de obstetrícia, ainda que nele seja constante a preocupação com a exatidão. Ele se destina tanto às futuras mamães quanto às pessoas que a assistirão (obstetras, parteiras etc.)". No Google Books tem como ler trechos dele.
"Nascer Sorrindo" do Frédérick Leboyer da Editora Brasiliense. “No fim das contas, só posso dizer: ‘experimentem’. Tudo o que foi dito aqui é simples. Apenas paciência e modéstia. Silêncio. Uma atenção leve, mas sem falhas. É preciso muito amor. Peço que não condenem o método. A criança não se engana. A criança sabe de tudo. Sente tudo. Vê até o fundo do coração. O recém-nascido é como um espelho. Reflete sua imagem. Depende de vocês não fazê-lo chorar.” (F. Leboyer)
- "Entre as Orelhas - Histórias de Parto" do Obstetra Ricardo Jones. "“O parto é algo que acontece entre as orelhas”, me repetia Max o velho adágio das parteiras. Não o procure nas dobras dos tecidos uterinos, nas protuberân­cias ósseas, nas contrações ou nas variações dos hormônios. Ele se encerra nos pequenos grãos de areia de nossos sonhos, na bruma de palavras disper­sas de um passado distante. Ele se refugia nos sussurros de uma menina, na curiosidade infindável que ela carrega e no seu olhar insaciável. O parto e seus mistérios se escondem ao olhar superficial, à análise tímida e ao investigador amedrontado. Para entender o que o comanda, é preciso penetrar nos abis­mos obscuros da alma de uma mulher, lá onde se abrigam seus sonhos e suas tristezas. Quanto mais profundamente mergulharmos, mas nebulosa será nossa jornada. Entretanto, apenas assim poderemos encontrar essa semente. Talvez, apenas uma suposição, a chave para essa questão esteja mesmo li­gada a essa fissura aberrante na ordem natural, a qual chamamos amor. E tal­vez, outra mera suposição, para entender o que acontece entre as orelhas de uma mulher, somente se soubermos como encontrar esta chave.".



Lembre-se de procurar nas livrarias e ficar de olho nas promoções. Você também pode comprar direto das editoras, mas cheque se o frete individual valerá a pena. ;-)

Nenhum comentário:

Postar um comentário