segunda-feira, 17 de junho de 2013

37 semanas e reta final

Lendo o relato de parto domiciliar da Luiza do Potencial Gestante... meus olhos se enchem de lágrima... estou no trabalho e tenho que me conter rs. Coração aperta ainda mais com essa foto:


pois também tenho este aviso e por ele tenho muito carinho, pois onde o peguei, no Ishtar tem me servido como ponto de apoio maravilhoso que vai me ajudar a conseguir meu parto, nosso parto humanizado... Ainda mais agora... 37 semanas e 1 dia... Prodomos ou braxton-hicks, sei lá que nome essa porra tem, mas as contrações de treinamento agora tem sido mais constantes. Tento parar para deixá-las vir e ir. Não doem, apenas repuxam e às vezes tenho que me contorcer, pois é o que o corpo perde. Meus passos estão cada dias mais lentos. Cleber até tem me sacaneado, que agora ele consegue me alcançar e que antes estava correndo demais e agora tudo está devagar rs Quadril começa a dar sinais de vida, assim como a lombar e o cóccix. As coisas estão no seu trajeto e logo chegarão ao seu destino final. O tal do tampão tem aparecido mais constantemente. E é sabido que ele se refaz, mas já são indícios que Laura está querendo chegar. Quando? Não tenho nem ideia, ela não avisou o dia do tíquete dela...  

Voltei a trabalhar depois de duas semanas em casa de atestado. Agora ficar em casa novamente, só quando Laura nascer. E Jade ficou agarrada comigo nesse tempo. Assim no nosso espaço. Mas tudo era mãezinha para cá e para lá. #amo Ela está resfriadinha, coisas de outono... descobrimos que é sonâmbula como o pai. Depois de um sábado chuvoso que ela dormiu milagrosamente até às 10:30h e foi o chá de fraldas da Laura, ela passou a noite de sábado para domingo chorando dormindo e chamando o papai... Fomos dormir mesmo depois das 02:30h...

Ontem fomos ao Ishtar, tema: desfechos inesperados. Eu mesma comecei relatando o parto da Jade, onde fomos enganados e acabamos numa cesárea depois de uma indução pessimamente induzida... Não, eu não choro ao lembrar do nascimento dela, pois este dia me trouxe meu presente, meu pacotinho, eu apenas lamento não ter corrido atrás como agora estamos com o nascimento de Laura. Lamento não ter me informado, lamento ter sido enganada, lamento termos sido separadas, lamento ter feito a Jade sofrer com contrações que a tiraram do compasso, contrações estas nada normais, uma vez que eram causadas pela ocitocina sintética administrada pela "querida" Go que ia viajar no sábado seguinte... No parto de Laura, espero realmente que seja tudo diferente. Confesso que estou meio assim assim. Meio que não acreditando que vou ter outro bebê... o quartinho das meninas cheira a bebê, mas ainda confesso não estar preparada para uma família grande, 4 pessoas. Afinal, sempre fomos eu e minha mãe, na maior parte do tempo eu e a babá/empregada, porque minha mãe tinha que ralar muito para termos algo na vida... enfim, falei, e ouvi relatos. Neste dia, foi meu colo no Ishtar também. Depois, sequestramos a doula e fomos fazer o segundo encontro. Não tinha como ser em casa... Jade demanda atenção e acaba que a gente dispersa demais... Fomos para o shoppping e almoçamos por lá. Foi muito bom, conversar sobre cuidados com RN e jogar conversa fora...

Daqui para frente, qualquer hora é hora. Quando será o momento certo?! Sei lá, façam suas apostas. rs Mala da Laura está 95% completa, a minha só separada digamos uns 50%, e do papai? Necas rs Acho que ele está com medo de fazer e Laura sentir que já pode chegar kkkkkkkkkkk será?


2 comentários: