quarta-feira, 17 de julho de 2013

Ainda no hospital

Depois do parto, subimos todos e esperamos a Laura chegar. Depois que ela chegou que todas foram embora. No berçário ela recebeu apenas a vitamina k injetável (opção nossa), não teve os olhos agredidos pelo nitrato de prata, não ficou em encubadora, somente teve os cabelos lavados, foi pesada e vestida ainda com vernix. Tudo graças a pediatra humanizada que nos acompanhou.

No quarto 509 ficamos eu e CleberTr e a Laura.  Havíamos ganhado a suite vip, mas esta com problemas na sala e a equipe do hospital perguntou se queríamos trocar e ofereceram outra, agradecemos e não nos mudamos, não teríamos festa nem visitas para a necessidade de trocar de quarto, e já estávamos bem espalhados rs.

Recebemos visitas apenas da vovó Ceres, tiavó Fri e Caio.

O almoço e janta é aquilo de hospital né? Mas não tivemos problema com isso. Sempre pontual.

Enfermeiras respeitosas e educadas.

Laura passou sua primeira noite conosco, na minha cama, enquanto papai dormia todo torto no sofá.

Meu banho foi tranquilo. Diferencial da pós-cesarea da Jade, que deu um medo dando de levantar. Agora, no pós-parto é outra coisa. Levantei e pude tomar meu banho. Lavei cabelo. Senti a água escorrer pelo tempo que eu quis. Fora que não precisar trocar curativo é tudo de bom! Rs

Levantar, e andar, e ir no banheiro. Sem dor de corte! Os pontinhos não incomodaram.

Laura mamou muito bem. Aliás já fez isso na sala de parto, porque não faria depois?   Rs

Recebemos a Dra Fernanda para alta e conversamos sobre o parto e algumas situações. minha alta estava condicionada a alta da Laura. Alta no dia seguinte é tudo de bom!

Negamos o banho demonstrativo, afinal sou mãe de duas meninas! Rs Mas acredita que ela fez um coco (meconio) tão devastador que teria que tomar banho. Pedi o sabonete do kit que ainda não tínhamos recebido, mas a enfermeira estava ocupada... Não tive dúvida, entrei com ela no chuveiro e nosso primeiro banho foi ali, no chuveiro rs.

A enfermeira veio buscar a Laura para a pediatra medir e pesar e nos dá alta. Tudo ok. Teste da orelhinha ok, ortolani ok, do olhinho ok.

Só o "serviço" de alta que demorou. Cleber acertou as contas e ficamos esperando a enfermeira nos levar até a recepção para podemos sair. Dessa vez não perdi as pulseiras!

Arrumamos o carro e com a Laura devidamente instalada no bebê conforto que foi da Jade, viemos para casa, ansiosos pelo encontro das duas irmãs, afinal, a família cresceu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário