domingo, 6 de outubro de 2013

Ah, essa vida de slingueira

Na gestação da Jade eu bem que tentei ser slingueira. Cheguei a comprar um sling de argola na época e ganhei um pouch no cinematerna de dia das mães na época (2010). Mas as dores da coluna por causa da hérnia me tiraram o gostinho de experimentar esse tipo de carregador de bebê... era insuportável carregar qualquer peso extra!

De argolas - http://mikamokaarts.blogspot.com.br/

pouch - http://mybabiesrock.blogspot.com.br
Três anos depois, após a cirurgia e com a Laurinha agora, a coisa mudou de figura, graças a Deus!! De tanto frequentar o Ishtar e ver azindia usando slings de todos os tipos fiquei encantada. Ok, antes da sair da matrix chegamos a gastar dinheiro num canguro da Chicco que nem da caixa saiu ainda... =/ Mas depois de provar a delícia que é usar sling, nunca mais vou querer saber de outra coisa!!

Primeiro começamos com o fast wrap, que são duas "argolas" de tecidos costuradas juntamente e uma faixa extra para dar maior suporte. Compramos logo dois: um de malha e um dry fit. Muito bom. Só que tenho sentido que ele está cedendo muito fácil... e como ele não ajusta, acabo ficando não muito confiante com ele. É prático.

O fast wrap:


Agora acabei de comprar o wrap, que são 5 metros de tecido que você enrola em volta de si mesma de maneira indicada e que dá para ajustar. O peso que aguenta é de até 15kg. Se for pela curva da Jade só agora eu estaria parando de usar com ela, com 3a8m.

O Wrap - fonte: http://kangulu.blogspot.com.br/

Ainda tenho o de argola, mas como o peso dele se concentra num ombro só, detestei quando fui a uma festa com ele, você acaba ficando com uma mão presa... enquanto que no fast wrap e no wrap você consegue liberar as duas mãos.

Fora que para o bebê é super aconchegante. Laura se amarra e chega a dormir profundamente nele, e tem ajudado a acalentá-la quando chora de sono. E prepare-se para ser o centro das atenções onde você for rs. Todo mundo olha e comenta. Alguns chegam a ser invasivos kkkkkk

O meu pouch era muito grande e dei de presente a uma amiga de Ishtar e espero que ela esteja curtindo ele. =)

Ainda não tentei amamentar com ele. Mas muitas mães conseguem fazê-lo.

Só tem que ter o cuidado de os joelhos sempre estarem mais altos que o bumbum, em posição de sapinho para não forçar a articulação da bacia, como o canguru faz.

Comprei o fast wrap e o wrap no Espaço Mamífera de uma amiga de Ishtar (a Renata) e super recomendo (não levei cachê não tá! rs).

No vídeo da SunKepina tem como amarrar e colocar o bebê no wrap.


Existem mais outros tipos de sling, além desses que citei aqui: Mei Tai, kepina, etc. Experimente aquele que vocês se adaptarem melhor. =)

Nenhum comentário:

Postar um comentário