sexta-feira, 11 de março de 2016

Laura - terrible two

Essa fase terrible two é realmente marcante! É aquela fase que você não sabe de onde a criança tira TANTA energia! Laura dorme das 22:30 (não adianta colocar 21h na cama porque fica cantando, falando , puxando mosquiteiro...) às 05:40h/06h! E tem energia pra dar e vender. Tem hora que quero sumir!!

E é a fase do desafio, de sabe que não pode fazer e mesmo assim vai lá e mexe, pra te testar! Sabe que não pode ficar de pé no sofá e está lá pulando... sabe que não pode usar canetinha perto do sofá e o dito cujo já tem até desenhos estilizados... Sabe que não pode puxar o rabo do gato e mesmo assim chega bem pertinho do Nick pedindo calma pra ele e dando aquele abraço a la Felícia...

Esse ano começou na escolinha. A mesma que a Jade começou, mas mais para passar o tempo e gastar sua energia do que qualquer coisa. Não quero saber de criança pequena sabendo o beabá, quero que ela tenha um local para ir e gastar a energia que tem e saiba que o mundo é maior que nosso apartamento. Ajudou um pouco, pois ela já estava estressada de tanto ficar em casa.

Ela fica apaixonada na Jade, que já tem dever de casa, e ela ainda não. rs

Ela já quer montar quebra-cabeças com a irmã, adora o Cabeça de Batatas, tem sua própria "mimi" (que é "a" Pooh, que aliás tem dois iguais, mas ela só gosta de um...)

Para dormir agora, as duas vão para o quarto juntas, lá pelas 21:30h, e eu e meu marido revezamos o dia de colocar na cama. Rezam e "dormem". Assim, Jade já bate na cama e dorme... Laura não! Fica cantando, querendo conversar e só realmente apaga lá pelas 22:30h... 

É uma fase gostosa, que você ainda chega em casa e ela vem correndo abraçar e beijar. E está desgarrando de mim... descobriu que tem pai e agora é pai pra tudo, que mal pode ir no banheiro só hahahahaha é puxado, mas quando crescerem vamos sentir MUITA falta, sei bem...

É boa de garfo, mas está na fase de não querer comer sozinha (a menos que seja macarrão ou besteira) e só come de boa se for o pai que dá...

Os dentes já tem quase todos. Os molares já nasceram alguns, mas me enrolei no app e vou ter que ver direitinho... então pra não perder o registro já deixo aqui a evolução até "agora". Ela quando está com os dentes nascendo é igual a Jade foi: fica com uma dor de barriga eterna, até que eles rompem e acaba. Não fica febril, nem chorona. 


quinta-feira, 10 de março de 2016

Jade - A Fada do dente e otras cositas más

A senhora Fada do dente nos visitou!


Jade perdeu seu primeiro dentinho no dia 03/03/2016, aos 6 anos e 29 dias! rs
Foi-se seu primeiro dentinho a nascer...



Um dentinho de leite que se vai... um permanente que chega...

Um bebê já se foi... uma criança que cresce...

Minha filhota tá ficando uma mocinha!! /o\

Agora na fase da alfabetização já estuda História, Geografia, Português, Matemática, Ciências, Inglês, e tudo mais que tem direito! 

Já treina a letra redondinha! 

Está na fase do recorte e cola. Ama uma tesoura! É uma sujeirada só pela casa!

Adora o tal esquilo Alvin! É apaixonada pelo trocinho falante. Inclusive pediu a festa de aniversário do tal esquilo e ganhou. A festa de seis anos foi na casa da vovó em Cambuquira, com direito a um bolo vermelho e amarelo enorme, um painel gigante que o tio fez, e a presença da família.


quarta-feira, 9 de março de 2016

Os filhos esquecerão

Li no facebook há pouco... Olhos marejaram... Vale a pena o registro!

"OS FILHOS ESQUECERÃO: "O tempo, pouco a pouco, me liberará da extenuante fadiga de ter filhos pequenos, das noites sem dormir e dos dias sem repouso. Das mãos gordinhas que não param de me agarrar, que me escalam pelas costas, que me pegam, que me buscam sem cuidados, nem vacilos. Do peso que enche meus braços e curva minhas costas. Das vezes que me chamam e não permitem atrasos nem esperas.

O tempo me devolverá a folga aos domingos e as chamadas sem interrupções, o privilégio e o medo da solidão. Acelerará, talvez, o peso da responsabilidade que as vezes me aperta o diafragma. O tempo, certamente e inexoravelmente esfriará outra vez a minha cama, que agora está aquecida de corpos pequenos e respirações rápidas. Esvaziará os olhos de meus filhos, que agora transbordam de um amor poderoso e incontrolável. Tirará de seus lábios meu nome gritado e cantado, chorado e pronunciado cem mil vezes ao dia.

Cancelará, pouco a pouco ou de repente, a confiança absoluta que nos faz um corpo único, com o mesmo cheiro, acostumados a mesclar nossos estados de ânimo, o espaço, o ar que respiramos.

Como um rio que escava seu leito, o tempo perigará a confiança que seus olhos têm em mim, como ser onipotente, capaz de parar o vento e acalmar o mar, consertar o inconsertável e curar o incurável. Deixarão de me pedir ajuda, porque já não acreditarão mais que em algum caso eu possa salvá-los. Pararão de me imitar, porque não desejarão parecer-se muito a mim. Deixarão de preferir minha companhia em comparação com os demais (e vejo, isto tem que acontecer!).

Se esfumaçarão as paixões, as birras e os ciúmes, o amor e o medo. Se apagarão os ecos das risadas e das canções, as sonecas e os "era uma vez... Com o passar do tempo, meus filhos descobrirão que tenho muitos defeitos e se eu tiver sorte, me perdoarão por alguns deles.

Sábio e cínico, o tempo trará consigo o obvio.

Eles esquecerão, mas ainda assim eu não esquecerei. As cosquinhas e os "corre-corre", os beijos nos olhos e os choros que de repente param com um abraço, as viagens e as brincadeiras, as caminhadas e a febre alta, as festas, as papinhas, as carícias enquanto adormecíamos lentamente.

Meus filhos esquecerão que os amamentei, que os balancei durante horas, que os levei nos braços e ás vezes pelas mãos. Que dei de comer e consolei, que os levantei depois de cem caídas.Esquecerão que dormiram sobre meu peito de dia e de noite, que houve um dia que me necessitaram tanto, como o ar que respiram.

Esquecerão, porque é assim mesmo, porque isto é o que o tempo escolhe. E eu, eu terei que aprender a lembrar de tudo para eles, com ternura e sem arrependimentos, incondicionalmente. E que o tempo, astuto e indiferente, seja amável com estes pais que não querem esquecer." (Autor desconhecido)

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Novembro/2015

Muitas coisas aconteceram até hoje;

Jade finalmente largou a mamadeira, claro que teve que rolar um incentivo (presente), mas já não estava mais adequado vê-la usando bico enquanto a irmã já estava no canudo há mais de ano. Fora a suspeita que eu estava da otite dela ser causada pelo uso da mamadeira deitada de lado vendo TV... A tosse dela é bem persistente ainda... Nem singulair e nasonex vem mostrando resultado... está semana entrou no antibiótico porque estava com sinusite e ainda não parou de tossir. Ela está na loucura de assistir Alvim e fica vidrada nos esquilos chatos, mas ainda não para quieta para assistir a um filme inteiro.

No colégio onde ela estuda este ano fizeram um projeto sobre artistas e na classe dela ficou com a Magda Mittarakis. Com isso o pai resolveu escrever para ela no facebook, e não foi que ela respondeu e mandou uma mensagem para ela, que, toda prosa falou para os amiguinhos e ninguém acredita porque acham que ela já morreu, como o Picasso? Mas o carinho da artista foi ainda maior: ela enviou para a Jade uma pintura dela, com dedicatória e tudo! A intenção é pegar uma da Jade e enquadrar os dois juntos. 

Nossa filha é uma artista!! Novembro/2015.

Laura ainda não foi para a escola por causa da tal lei que só pode matricular no ano as crianças que fazem aniversário até dia 31/03. Assim, ela só deve ir para a escolinha ano que vem. Com isso, a energia dela está toda acumulada e está bem espoleta! Não para um segundo! É daquelas que você fica mandando ficar quieta a cada 60 segundos! Tá puxado, tá cansativo... Mas seu desenvolvimento é notório a cada dia: já fala bastante, dança, canta, adora implicar com a irmã, rabiscar parede (affff!) e correr atrás dos gatos...

Este mês não foi fácil porque ela estava com uma diarreia que não passava com zinco, floratil, enterogermina, nada! Demos vermífugo e nem assim! Fizemos exame de fezes, que o laboratório perdeu... e fizemos uma ultrassonografia que estava ok. Voltamos no pediatra dela e demos Anitta, pela suspeita de giardíase, e foi o que amenizou e só agora o intestino dela parece estar melhorando... Daí, como virei síndica, você começa a ligar os pontos, pois a administração anterior não lavou a caixa d'água e essa limpeza está expirada há mais de 18 meses!!! Claro que já providenciamos isso, mas não é pra ficar p?!

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Do que passou até agora

Tanta coisa se passou desde a última vez que registrei aqui, que nem sei se terei memória para tanta informação! rs

Laura está com a dentição completa. Completou 2 aninhos em julho e fizemos festinha em casa mesmo, com o tema Minnie. Está na fase do terrible two e agora entendemos porque a Jade deu tanto xilique no voo que fomos para Orlando em 2012, pois a Laura está igualzinho a ela rs. Ainda bem que não temos viagem por agora hahahaha Cleber olha para ela e não consegue imaginar como a gente deixava a Jade ir para o maternal com dois aninhos hahaha Para a gente, Laura ainda é bebezinha, vai entender. Com o segundo filho parece que as coisas fluem melhor, que está passando rápido, mas ao mesmo tempo devagar, pois a correria do dia-a-dia acaba por fazer as coisas passarem sem que a gente perceba... Ela ainda usa fraldas, e não mostra sinal que sabe a hora que quer ir ao banheiro ou não. Ainda está chupando dedo, e não sei se vale a pena forçar ou se deixamos fluir como foi com a Jade, mas confesso que esqueci exatamente quando ela parou de chupar o dedo, sei que foi com dois anos, mas desconheço os meses... Laura está formando frases com 2 ou 3 palavrinhas e apronta mais que a Jade, gosta de subir nas cadeiras, de ver Elmo, Dora, reconhece os personagens da Disney hahahaha.

Jade teve festinha na escola e em casa em fevereiro quando completou 5 anos, o tema escolhido por ela foi Galinha Pintadinha e quis se fantasiar e tudo mais. Agora ela está mais tranquila, sem birras, mas está aprendendo a argumentar como ninguém. Adora se maquiar e colocar acessórios no cabelo. Ah, e de pintar as unhas também. Será vaidosa, ao contrário da mãe!! hahaha Está indo de vento em popa na escola, e já sabe ler desde abril, começou do nada e raramente trava nos dígrafos e acentuação. Adora ler e fazer suas próprias histórias. Se depender dela, já tem tema de festa de aniversário até 10 anos rs. Está fazendo ballet e já se apresentou duas vezes, e está gostando. Faz porque quer, e não porque a gente obriga (até porque seria até mais fácil para a gente sem a obrigação de atividade extras rs). O tema do projeto da escola desde ano foi Pequeno Príncipe e ela fez um monte de coisa em aula e em casa. 

Nick tem dado trabalho, por ciúmes das meninas tem marcado território e está chata a situação. Estamos dando castigo a ele (e de quebra o Zerinho vai junto...) e não tenho deixado eles dormirem conosco a noite. Já levamos no veterinário, e constatou princípio de cistite e de plaquetas baixas, fizemos a medicação, trocamos ração e areia e não resolvei. Peguei dica de floral com uma amiga gateira e vou mandar fazer para ver e nos ajuda.